.:…Derrotas que são vitórias.:…

beeseason.jpg

Na última quarta-feira vimos o filme ‘Palavras de Amor’, que como diria a menina Sarah, um dos tantos que deveriam ganhar prêmio de tradução ruim de título.

‘Bee Season’ – título original, que como explicou meu assessor para assuntos transdiciplinares e dispersivos linka metafóricamente os torneios americanos à palavra obsessão – conta a história de *..*.*..Elly*..*.*..(não sei porque, mas curti o apelido da protagonista), garota pré adolescente de uma família judia americana, que despretensiosamente participa do tradicional torneio de soletrar americano em sua escola e vence, sendo então encaminhada para o torneio municipal.

O pai de Elly, Saul (Richard Gere) é professor de teologia, pai e marido superficial, centrado em interesses pessoais. Assim, só fica sabendo da façanha da filha por intervenção do filho mais velho Aaron. Mas, ao perceber a facilidade da filha em lidar com as palavras vê no fato um caminho para uma obsessão sua: A busca por DEUS através da Cabala.

Na verdade esta a busca por DEUS, ou o que ele possa representar de religião (religare,religação) é uma obsessão dos ‘adultos’ da família de Elly que tem uma percepção e uma relação mais tranquila com o mundo que a cerca e é quem melhor vê a família quebrar entre as tais buscas obsessivas.

É Elly então que sabiamente decide por mudar o rumo deste ciclo perverso num momento crucial.

História para encontrar-se e perder-se.

Perde-se onde se ganha… Ganha-se onde se perde…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s