Onde paramos?

“Esse tempo nunca passa não é de ontem nem de hoje
Mora no som da cabeça, nem tá preso nem foge
No instante que tange o berimbau, meu camará
Ê volta do mundo, camará, ê ê mundo da volta camará”

Gilberto GilParabolicamará

 

ΛΘΙΛΡΖ

 

E o mundo deu voltas. Cá de volta estou . Um pouco tonta de tanta volta, mas simbora.

Sobre estar tonta aqui, é sério. Perdi um pouco a capacidade de ser ativa na internet. Voltei a caminhar sem rumo no mundo de informações que existe aqui. Preciso ,agora eu, retomar princípios básicos de tantas oficinas que ministrei por aí. Digitar este texto agora é um começo e confesso que me sinto bem iniciante diante deste editor bonitinho do wordpress.

Meses sem internet decente (não que tenha resolvido totalmente este ponto); gestação; participação em listas de discussão sobre maternidade; parto e por fim a vida materna me afastaram com grande força de qualquer coisa parecida com a blogosfera. Esta semana, relembrando o prazer que estes espaços me dão e recebendo comentários em posts antigos percebi que voltar, reativar a blogueira adormecida é inevitável.

Saúdo meus leitores e me jogo de volta ao mundo das certezas provisórias!

 

Anúncios

3 comentários sobre “Onde paramos?

  1. Realmente, é um espaço muito legal para trocar coisas interessantes.
    Inclusive todas essas novas experiências supra citadas aqui; como anda a coisa fofa que saiu de dentro de ti?
    Beijão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s