SMAM 2009 – Semana Mundial de Amamentação

smam2009bcolCaetano mamando na volta da viagem de férias

(jul/2009 – 1 ano e 10 meses)

Quem me conhece de verdade, sabe o quanto a amamentação se tornou um dos meus eixos nos últimos 2 anos. Quem me conhece  pouco questiona o fato de ainda amamentar Caetano. Quem me vê de relance na minha vidinha materna acha que sou uma ‘bicho grilo’ equivocada, criando uma dependência desnecessária no filho.

Objetivamente posso garantir aqui que antes de optar pela amamentação exclusiva até os seis meses, necessária até os 2 anos e prolongada até quando eu e Caetano nos dermos o desmame natural, li, pesquisei. E ainda leio, pesquiso diariamente sobre o assunto, assim como fiz quando da decisão pelo parto natural com o mínimo de intervenção possível.

Subjetivamente posso dizer que a amamentação é um prazer, que reforça muitos laços entre eu e meu filho e que o deixa saudável de uma  forma que não tem preço.

Ano passado fomos personagem de um documentário sobre amamentação e me emociono ao ver este documentário, não apenas por pensar que será uma bela lembrança que eu e Caetano teremos para sempre desta nossa relação mãe&filho, mas também ao pensar o quanto nossa história pode contribuir para mudar olhares em relação à amamentação prolongada. Foi assim com nosso pediatra-homeopata.  Na primeira consulta ele parecia resistente ao fato de eu ainda amamentar Caetano. Na segunda consulta, saquei o DVD e emprestei a ele. Na terceira ele era todo elogios e pediu para que eu deixasse o dvd mais um tempo com ele para gravar e compartilhar com outras mães. Hoje, para ele, o fato de Caetano ser amamentado já não é questionável! Como diz uma amiga ativista da amamentação, a Ana B., o pediatra também aprende com as mães.

Ainda assim, ainda enfrento muitos olhares inquisidores no ônibus, na creche etc. Outros, surpresos: “como pode você ainda ter leite, hein?!”

Meu questionamento é outro: “como pode tanta mãe não ter leite como se diz por aí?!” Um mistério que tem por detrás interesses comerciais dos fabricantes de leites artificiais, que por sua vez compram pediatras, oferecendo viagens, congressos etc. Triste. Triste demais ver que bebês são desmamados cada vez mais cedo, ainda que as estatísticas divulgadas esta semana apontem o sentido  contrário. Não é o que eu vejo, não é o que vemos. Mas é muito bom pensar: existe uma semana MUNDIAL de Amamentação. Existem grupos como a Matrice. Existe apoio às mães que amamentam. Ufa! Prá mim, o apoio às mães significa  muito mais que as estatísticas divulgadas. É por conta dele que Caetano continua mamando “oto peito (outro peito, acho que com o significado de outra vez, bis!)” como costuma me pedir para mamar.

Mais  sobre nossa história de amamentação aqui.

Mais sobre apoio à amamentação aqui aqui aqui

Mais  sobre a SMAM 2009 aqui aqui aqui aqui

Anúncios

4 comentários sobre “SMAM 2009 – Semana Mundial de Amamentação

  1. Pingback: SMAM 2009 « caetaneando…

  2. São relatos como esse que me manteem firme,convicta a continuar com minha LoLo (um ano e nove)mamando a milhão!!Obrigada!
    ah..estamos sem pediatra,pode passar o contato do seu?
    /

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s