Dintensidades

galhos in vida cor

Ai, vamos lá. Acorda e vê se vai. Primeiro a música, depois sai. O encontro é sempre bom. Este, questionador. rs… E vai rolar a festa e também já tá lá. E a conversa no caminho? Ah sim, não acontece só comigo. Ufa! Alimento do corpo? Onde? Nossa, aqui neste lugar de matérias destruídas! Mas foi ótimo. Rápido, mas ótimo. Ih! Em cima da hora de novo, mas respiram aliviadas porque cheguei! Nossa…Corre lola, corre! Agora, um prá lá outro prá cá. Um para o corpo, outro para a alma dos pequenos e das pequenas.

E depois ainda tem desabafo de quem briga com o desafio que pode amadurecer sua vida:

“Como é difícil educar!”

Mas ria e perca toda a concentração e seriedade do momento, a louca está! Eita! Tá bom. Sente e conte tudo de cada um. Olha só: chuva e ventania! Só quero minha casa e ele, o menino de cachinhos. Pode ser? Valeu!

O quê? Uma escola que proíbe poesia lá no meu primeiro mundo? Ah não! E mais, papinha industrializada de feijoada para bebê. Socorro!

Ah! Que bom! A grande figura feminina está aqui. Que emoção! Bem-vinda, querida. Bom saber que estamos mais próximas! Vamos nos abraçar em breve e tudo pode passar.

Beijos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s