0

Ela mora no mar, ela brinca na areia

Oguntê, Marabô
Caiala e Sobá
Oloxum, Ynaê
Janaina e Yemanjá
São rainhas do mar

Mar, misterioso mar
Que vem do horizonte
É o berço das sereias
Lendário e fascinante

Olha o canto da sereia
Ialaó, oquê, ialoá
Em noite de lua cheia
Ouço a sereia cantar
E o luar sorrindo
Então se encanta
Com as doces melodias
Os madrigais vão despertar

Ela mora no mar
Ela brinca na areia
No balanço das ondas
A paz, ela semeia
Ela mora no mar
Ela brinca na areia
No balanço das ondas
A paz, ela semeia

Toda a corte engalanada
Transformando o mar em flor
Vê o Império enamorado
Chegar à morada do amor

Oguntê, Marabô
Caiala e Sobá
Oloxum, Ynaê
Janaina e Yemanjá
São rainhas do mar

0

Perigas correr: música, família e alternativas

Sou aquariana, ser do diferente e surpreendente. Vivo com agruras o que é rotineiro e preciso me permitir sair da mesmice. A maternagem me trouxe, claro, esta necessidade de seguir certas regras, me responsabilizar por uma rotina saudável, mas minha loucura permanece viva e deixo-a viver. No último sábado, por exemplo, dei um grito de férias (que me permite por quinze dias viver liberta da rotina corrida do ano letivo), junto ao meu irmão mais novo (com quem há muito não saía assim de rolê, só os dois) no show do Tatá Aeroplano (que conhecemos eu e o Dica há anos atrás quando trabalhamos numa agência de publicidade social), o cara daquela banda Jumbo Electro, agora em vôo solo. Foi muito bacana curtir a música de Tatá, as parcerias musicais daquela noite. Para quem gosta de música para viajar, recomendo. Quem não gosta pode se surpreender também. Abaixo meus registros do show.

Este slideshow necessita de JavaScript.

PS¹: Ao término do show do Tatá ainda acompanhamos do “aquário” do SESC Belenzinho o final do show do Frejat

PS²: Hoje também tem show do Tatá, free no MIS. Corre que dá tempo!

https://www.facebook.com/events/395272667261141/?ref=25

0

Boa Sorte

Vanessa da Mata

É só isso
Não tem mais jeito
Acabou, boa sorte

Não tenho o que dizer
São só palavras
E o que eu sinto
Não mudará

Tudo o que quer me dar
É demais
É pesado
Não há paz

Tudo o que quer de mim
Irreais
Expectativas
Desleais

That’s it
There’s no way
It’s over, good luck

I’ve nothing left to say
It’s only words
And what l feel
Won’t change

Tudo o que quer me dar / Everything you want to give me
É demais / It’s too much
É pesado / It’s heavy
Não há paz / There is no peace

Tudo o que quer de mim / All you want from me
Irreais / Isn’t real
Expectativas / Expectations
Desleais

Mesmo se segure
Quero que se cure
Dessa pessoa
Que o aconselha

Há um desencontro
Veja por esse ponto
Há tantas pessoas especiais

Now even if you hold yourself
I want you to get cured
From this person
Who advises you

There is a disconnection
See through this point of view
There are so many special
People in the world
So many special
People in the world
In the world
All you want
All you want

Tudo o que quer me dar / Everything you want to give me
É demais / It’s too much
É pesado / It’s heavy
Não há paz / There’s no peace

Tudo o que quer de mim / All you want from me
Irreais / Isn’t real
Expectativas / That expectations
Desleais

Now we’re falling
Falling, falling
Falling into the night
Into the night
Falling, falling, falling
Falling into the night

Now we’re falling
Falling, falling
Falling into the night
Into the night
Falling, falling, falling
Falling into the night

0

uma história de amor…

Foi num show do QSUB, lá pelos idos de 2005 que a conheci. Deu vontade de rir e chorar. Ficar com ela…Vez em quando tento esquecer, vez em quando tenho que esquecer, mas ela volta assim, tão perfeitinha que só ela que não tem jeito! Rola uma, duas, três, quatro ou cinco por dia. Agora anexei ela à minha vida, ao meu celular mais propriamente dito. Se você me ligar, ela é que vai tocar e me fazer sorrir (nem vou me importar se for engano). É esta música linda aí embaixo, amor à primeira ‘ouvida’!